Dicas para você começar a surpreender na cama!

Perder os quilos extras que ganhamos com a comida de Natal, ganhar mais dinheiro, viajar pelo mundo, encontrar um companheiro, ter um emprego melhor, etc.

Geralmente são algumas das resoluções mais comuns em nossa lista de objetivos para o ano novo.

Porém, há um que muitos de nós escapamos: como melhorar nossa vida sexual.

E como em tempos de pandemia os encontros com o casal têm sido mais difíceis.

Trazemos aqui alguns conselhos para que este ano e ao longo de sua vida melhore e melhore sua vida sexual.

1. Não fique calado, diga o que você quer!

Assim como você escuta, a comunicação antes e durante o sexo é muito importante para que ambas as partes se beneficiem ao máximo.

Dessa forma, ouse contar ao seu parceiro, namorado/namorada, esposa / a o que você gostaria de vivenciar na cama, um pouco de fantasia, assistir pornografia juntos, incluir adereços para as preliminares ou durante o sexo, e até usar os populares brinquedos sexuais que durante esta pandemia suas vendas aumentaram, de fato, as informações consultadas pela Forbes Brasil revelaram que as vendas de sex shops no país aumentaram entre 27% e 140% durante a pandemia.

Um estudo da revista Arquivos do comportamento sexual também observou que carícias pós-sexuais e entrevistas contribuem para uma melhor comunicação sexual com seu parceiro, além de promover uma melhor conexão entre eles.

2. Masturbar

Brinquedos sexuais podem ajudar a iniciar uma nova prática sexual.

Não ter alguém com quem compartilhar sua vida sexual não deve ser uma desculpa para orgasmos, então aproveite ao máximo seu tempo sozinho, de manhã ou à noite, para agradar a si mesmo. 

Os benefícios virão por si próprios.

Na verdade, um estudo publicado na revista Relacionamento Sexual e Afetivo descobriu que quem se masturba tem um melhor funcionamento do sistema imunológico e também reduz o risco de infecções.

A masturbação também permitirá que você conheça melhor suas zonas erógenas, para que possa descobrir por si mesmo o que mais gosta no sexo.

3. Cuide da higiene de sua área íntima

Preste atenção à sua área privada e aos cuidados de que ela necessita, pois evitar infecções ou problemas que possam colocar em risco a sua saúde é um dos requisitos mais importantes para que você aproveite ao máximo a sua vida sexual.

Os especialistas recomendam que, ao limpar sua área íntima, use sabonetes de pH neutro, e apenas na área externa, ou seja, vagina, clitóris e lábios. 

Lembre-se de que não é recomendado o uso de sabonetes ou duchas internas, pois podem aumentar o risco de infecções.

Da mesma forma, é recomendável usar roupas íntimas de algodão para que a pele da região respire melhor.

Leia também o artigo: O que eu tenho que fazer para surpreender na cama?

4. Faça exercícios para fortalecer a região pélvica.

Exercícios de Kegel para fortalecer a região pélvica

Os exercícios ajudam a tonificar os músculos da região pélvica, portanto, quando você faz sexo, seus orgasmos podem ser muito mais intensos. 

Atividades como ioga ou pilates estão entre os esportes que podem ajudar homens e mulheres nessa tarefa.

Da mesma forma, nos últimos anos os exercícios de Kegel, que visam fortalecer os músculos do assoalho pélvico (bexiga, intestino grosso, útero feminino e reto).

Tornaram-se uma prática tanto para homens quanto para mulheres que ajudam na melhora da região pélvica e, portanto, melhora da vida sexual.

5. Não se esqueça de visitar o seu ginecologista e urologista regularmente

Lembre-se de que visitar esses especialistas também é uma forma de cuidar da sua saúde sexual, pois é preciso ser constantemente verificado se você tem uma infecção vaginal ou do trato urinário ou uma doença sexualmente transmissível (DST).

Lembre-se que o ideal é marcar uma consulta anual com o seu ginecologista ou urologista. 

Lembre-se de que não ter uma vida sexual ativa não é desculpa para manter o controle da sua saúde e cuidar da sua privacidade.